segunda-feira, 25 de agosto de 2014

O pão da Isabel

Olá bom dia e boa semana!!

Já andava a pensar que a minha mão tinha algo de errado, já que as carcaças que fiz, não cresceram, e a massa folhada não folheou....afinal está tudo  no método que usamos e como seguimos as receitas.

Tudo tem o seu preceito. Afinal até a natureza tem o seu, as plantas não nascem assim, boom, nascem de sementes, que criam bolbos, criam depois pequenas plantas, que são polinizadas etc. Só então nascem as belas flores. Nas outras coisas é  igual. Tudo tem o seu preceito.

Então, há dias, procurava eu por inspiração no Youtube e dei com um vídeo e depois vi o segundo, do
Pão Caseiro Bem simples da Isabel...
O endereço está aqui.Porque ela merece ser divulgada, partilhada, comentada.  Simpática, simples, e tão comunicativa.  Aposto que tem mãos de fada!

https://www.youtube.com/watch?v=W7PSaUXj5kA
Visitem e vejam como é simples fazer este pão...fiz... tal e qual e nem meti colher de pau na massa, com medo que não ficasse bom!!




Escusado será dizer que depois do batido de fruta e kéfir desta manhã, foi café acabado de passar e  duas fatias de pão...fiz os pães  mais pequenos, tive receio de cozer mal por dentro, é assim, quando receamos errar....;)
Ah e a Isabel fala em uma hora de cozedura do pão, tive o forno a pré-aquecer a 180ºC por dez minutos e como sabem todos os fornos são diferentes, até os da mesma marca...este que estou a usar agora é de ar forçado e fica quente num instante. Coloquei um tabuleiro de água no fundo do forno e borrifei os pães. Cozeram ou assaram como se diz no Brasil, em 25 minutos!!!! ( talvez por serem menores...)


Olhem só que belezas!!!



Ingredientes  (dividi as quantidades originais que  são mostradas no vídeo, mais ou menos por três) :

1 ovo grandinho à temperatura ambiente
1 cubo 25 gramas de fermento de padeiro fresco
1/2 copo de leite morno
1/2 copo de óleo quente( usei girassol e aqueci no microondas)
4 colheres rasas de açúcar, usei amarelo
1/2 colher chá de sal, usei marinho
150 mililitros de água morna
600 gramas de farinha ( precisei de um tico mais para enfarinhar a mesa e o rolo e para desgrudar a massa das mãos. Mas se colocarmos muita a massa fica mais dura,  por isso segui à risca as porções, e o método tal e qual, como a Isabel mostra no vídeo. Para dizer a verdade, vi o vídeo duas vezes e agora sei de cor...


 O passo a passo :



 Juntar todos os ingredientes secos e ir misturando os líquidos e depois de tudo amassado, e bem sovado ( fiz 15 minutos de amassar da massa, colocando tal como a Isabel, o punho e virando a massa em direcção ao nosso corpo. Fiz sempre na mesma direcção. a massa descolou da  taça onde amassava e estava super elástica,mas tão, tão diferente das massas que tenho feito, que pensei que mais uma vez iria dar em treta (porcaria...;) )










Depois de uma hora de repouso, a massa a levedar, tinha tirado uma pequena   bolinha de massa, que coloquei num copo de água...uma e hora e pouco depois, a bolinha veio ao cimo da água. Como é ensinado no vídeo, a massa estava levedada.




Cá está ela, linda, elástica e fofa.

Depois é esticada com rolo e eu dividi em duas porções, queria  pães mais pequenos e não queria que ficasse mal cozido por dentro.


 A massa cortada mais ou menos a meio, depois de esticada.


Voltei a fazer o teste da massa antes de meter ao forno e 15 minutos depois, a bolinha veio acima...
Nunca mais deixo de fazer este teste!!!



Não tenho as formas usadas no vídeo, mas vou comprar...por isso perdido por cem perdido por mil, arrisquei e coloquei os pães apenas moldados sobre papel vegetal amanteigado que eu untei com um tico de óleo de girassol.

Os meus pães cozeram em 25 minutos!! Porque eram bem menores doque os originais, do vídeo.
Da próxima vez, vou  fazer a receita toda, mas congelar uma parte, já que se pode congelar e usar manteiga em vez de óleo e colocar menos açúcar.
Tambémn quero experimentar em fazer pequenos brasileiros com esta massa. Deu certo...há que explorar...:)



Vinte e cinco minutos depois estavam assim, lindos, dourados e um cheiro pela casa que dava gosto...Acabei de os cozer eram três da manhã e resolvi deixar dentro do forno, acabando de  usar o calor ainda  nele.

Só os parti de manhã..






Afinal este é o melhor pão do mundo!!! Pão estilo francês. Bom para caramba.


Espero que gostem da sugestão...Agora vou experimentar o outro pão, o integral...fiquei fã da Isabel.

Fiquem bem, divulguem o vídeo, porque merece e sejam felizes...a minha semana não podia ter começado melhor...:) :) :)

Sem comentários:

Enviar um comentário